Calçada do Combro, 139 / 1200 - 113 LISBOA
Telefone: 21 346 10 75
E-mail: letralivre@sapo.pt
 
 
Ajuda

Preço: € 5,00
Quantidade:

Autores:
AAVV

Editor: Falas Afrikanas

Local: Lisboa

Ano: 2021

Língua: Português
Jornal O Negro
Movimento Negro
Resumo
"A 9 de março de 1911 era lançado em Lisboa o jornal O Negro: Órgão dos Estudantes Negros. 110 anos depois decidimos fazer uma reedição comemorativa dos três números desta publicação. Este foi o primeiro periódico de uma geração de ativistas que, durante 22 anos, se organizou em torno do pan-africanismo, da luta contra o racismo e da reivindicação de direitos para os territórios colonizados. Este jornal, que era dirigido por estudantes negros em Portugal, pretendia combater as «iniquidades, opressões e tiranias», apelava à construção de um partido africano e exigia da República o fim da desigualdade racial.

Num momento como o actual, em que a sociedade portuguesa e outras entram numa intensa disputa sobre os legados coloniais e racismo, e em que os jovens negros são protagonistas de importantes movimentos sociais, a reedição d’O Jornal “O Negro: Orgão dos Estudantes Africanos”, dificilmente poderia ser mais oportuna. Trazer para o presente este jornal e revelar a importância do movimento de que ele fez parte é ferramenta imprescindível para questionar o silenciamento constante a que a história dos afrodescendentes e africanos é votada na sociedade portuguesa.

É também homenagear e dar continuidade ao trabalho de Mário Pinto de Andrade que deixou pistas preciosas para que as gerações seguintes pudessem conhecer a sua presença multissecular em solo português e a resistência histórica de que são herdeiros. Assim sendo, reeditar O Negro 110 anos depois não se resume à comemoração de uma efeméride, mas é o exercício do direito à memória, que é, acima de tudo, um instrumento de combate antirracista na atualidade."
Observações
Reprodução fac-símile. Novo. 16pp. 

Não possui comentários. Envie o Seu !





Notícia do Maior Escândalo Erótico-Social do Século XX em Portugal
Livraria Letra Livre
Preço: € 14
«Solidário mas autónomo, o poeta é um rebelde que sabe que a poesia apenas subverte porque transfigura, e que será esse sempre o seu vanguardismo.»
Miguel Torga
Qual a sua opinião sobre o site da Letra Livre?
» Responder
       
 
  © Copyright Livraria Letra Livre - Todos os direitos reservados