Calçada do Combro, 139 / 1200 - 113 LISBOA
Telefone: 21 346 10 75
E-mail: letralivre@sapo.pt
 
 
Ajuda

Preço: € 1,50
Quantidade:

Autores:
AAVV

Editor: Edição do Autor

Local: Lisboa

Ano: 2020

Língua: Português
mapa jornal de informação crítica nº 28
Política, Movimentos urbanos
Resumo
Perante os repetidos e históricos episódios de discriminação racial e violência policial, em Portugal e no mundo, assistimos a poderosas demonstrações de repúdio, força e solidariedade. O Jornal MAPA, na sua edição 28 (Agosto-Outubro), apresenta um conjunto de reflexões em torno de questões como a negritude, o privilégio branco, o racismo e o abolicionismo, dando voz a quem luta quotidianamente contra o preconceito. Para uma arqueologia das ideologias identitárias, recuamos até aos mitos fundacionais da chamada portugalidade, desmontando as falsidades da história Celta e de Viriato, hoje ao serviço de nacionalismos e fascismos cada vez mais extremados. Sobre o quotidiano pandémico das desigualdades sociais, assinalamos os despejos ilegais das casas ocupadas nos últimos meses e registamos aquela que foi a primeira concentração organizada por pessoas sem-abrigo em Portugal. No campo, e na linha da frente da defesa pelos territórios, acompanhamos sempre, e uma vez mais, as lutas das populações contra a febre de mineração do lítio, ou as que procuram recuperar das radiações que ainda perduram das minas de urânio de outrora; assinalamos a destruição do litoral alentejano, de Tróia a Melides, na vertigem do turismo; e, no interior alentejano, a saúde das pessoas que vivem sufocadas no mar de olivais superintensivos. Neste MAPA olha-se ainda para a estratégia do Hidrogénio, para a recordação do Rio Tua na luta, ainda presente, pelos rios livres e selvagens e fala-se das ervas vagabundas nas nossas ruas. Partilhamos ainda o que ouvimos de Euclides Mance em relação aos circuitos económicos solidários, da fotógrafa Urzula Zangger recordando a arte humana de Vieira da Silva e do Arpad Szenes, do pianista Tiago Sousa num diálogo com Kierkegaard sobre a crise pandémica e de Júlio Henriques sobre a revista Flauta de Luz. E mais há para descobrir neste número do Jornal MAPA, que surge nas vésperas da edição do livro “Transumano Mon Amour. Notas sobre o Movimento H+”, as crónicas de Andrea Mazzola publicadas neste Jornal entre 2015 e 2019.
Observações
Jornal. Ilustrado. 47pp.

Não possui comentários. Envie o Seu !





O Bibliófilo Aprendiz
Livraria Letra Livre
Preço: € 15
«O presente não é um passado em potência, ele é o momento da escolha e da acção.»
Simone de Beauvoir
Qual a sua opinião sobre o site da Letra Livre?
» Responder
       
 
  © Copyright Livraria Letra Livre - Todos os direitos reservados