Calçada do Combro, 139 / 1200 - 113 LISBOA
Telefone: 21 346 10 75
E-mail: letralivre@sapo.pt
 
 
Ajuda

Preço: € 13,00
Quantidade:

Autores:
Pinto, Diogo Vaz

Editor: Maldoror

Local: Lisboa

Ano: 2018

Língua: Português
Ultimato
Literatura Portuguesa, Poesia
Resumo
São cem os textos que Diogo Vaz Pinto reúne neste livro, o quarto do poeta, que é também co-fundador das Edições Língua Morta, jornalista e crítico literário no Jornal I.

«Estamos abaixo do nível em que, noutra hora, o mar aqui esteve, e os meus cabelos enchem-se de peixes de penumbra. Estudei-o como se fora um livro, o mar, até à ferrugem. Depois dele, não queria estender-me. Ao contrário, preferi que me vissem coxear nas distâncias que me faltavam, que ficassem claras as marcas. Não cobri o meu rasto, não larguei a pele no caminho, mas deixei ao inimigo a roupa em que mais suei de terror, para que os cães dele soubessem onde procurar. Não quis ficar a dever a vida a nenhum buraco ou desatenção. Este o meu ultimato: antes tê-la por esse fio, esgarçado, sentir que não faz diferença que o cortem, porque outro mais cedo ou mais tarde o retomará.»
Observações
Brochado. Novo. 216 páginas.

Não possui comentários. Envie o Seu !





Subcultura O Significado do Estilo
Maldoror
Preço: € 15
«Em Portugal, quanto mais elevado é o posto social do nosso interlocutor menos interessante e proveitoso o diálogo se torna.»
Miguel Torga
Diga-nos um livro nunca traduzido em Portugal que gostaria de ver editado?
» Responder
       
 
  © Copyright Livraria Letra Livre - Todos os direitos reservados